Análise do Comércio Externo do Setor Elétrico e Eletrónico

Janeiro-Junho de 2020

No período Janeiro-Junho de 2020, as exportações portuguesas diminuíram -17,1% em relação ao mesmo período do ano anterior, bem como as importações, que evidenciam um decréscimo de -19,7% relativamente ao período homólogo. Continuam a fazer-se sentir os efeitos da pandemia, agora de forma generalizada, tendo sido o comércio intracomunitário e extracomunitário afetados de igual forma. Deste modo, verificamos decréscimos de -13,2% e -15,1%, nas exportações intra-UE e para países terceiros, respetivamente; também as importações comunitárias foram atingidas em cerca de -20,0% e as compras de países terceiros diminuíram -18,5%.

É também notório o crescimento das transações comerciais para a zona do Sudoeste Asiático quer a nível das exportações (15%), quer das importações (17%), aumentando o seu peso em 2 pp no que toca às importações. Em contrapartida, registou-se uma diminuição do peso da U. Europeia em 3 pp nas Importações.
Destaca-se também a variação em valor de -4% nas importações de Países Terceiros embora sem alterações no seu peso, bem como o aumento do peso em 1 pp nos EUA enquanto país de destino das exportações.

 Comext 2T2020

 

  Aceda ao documento completo aqui