Análise do Comércio Externo do Setor Elétrico e Eletrónico

Janeiro-Março de 2019

O período Janeiro-Março de 2019 indicia uma recuperação com um abrandamento muito ligeiro (-1%) relativamente às exportações do período homólogo, ao mesmo tempo que as importações aumentam o seu ritmo de crescimento de 11 para 16%; geograficamente, a perda com maior impacto nas Exportações situa-se na União Europeia (-2,3%), o destino com maior peso (76%); acrescem os decréscimos em valor verificados nas vendas para os PALOPs (-13,8%) e Países Terceiros (-3,9%), ainda que sem alteração do seu peso. Já o incremento verificado na zona do Sudoeste Asiático (3,3%), aumentou o peso desta zona em 1 pp.

De forma semelhante, registou-se uma diminuição do peso da U. Europeia em 2 pp nas Importações e um aumento do peso da zona do Sudoeste Asiático em 2 pp. Por fim, a variação em valor de 20% nas importações de Países Terceiros incrementou o seu peso em 1 pp.

 comext19

 

  Aceda ao documento completo aqui